segunda-feira, 16 de abril de 2007

O SOL E O AQUECIMENTO GLOBAL: UMA NOVA GLACIAÇÃO?




Não existe força maior que o Sol, capaz de afetar o planeta como um todo, tanto a atmosfera quanto as entranhas da Terra, pois se o núcleo é composto basicamente por ferrro, um bom condutor de eletricidade e magnetismo,basta um lampejo solar para agitar o vulcanismo terrestre.O mundo inteiro está falando do aquecimento global.
Provocado pela queima de combustíveis fósseis, que produzem gás carbônico, a temperatura média da Terra está aumentando gradativamente, alterando o clima planetário.Isto é o que as comunidades científicas e leigas ( leia-se: as "ONG"s ) propalam.
Mas há um fato que, parece-me, estão todos esquecidos: será que em outras eras, já não ocorreu algum tipo de "aquecimento" global?
O professor da Universidade Federal D
e Alagoas, Ph.D. em Meterorologia, Prof.Dr.Luiz Carlos Molion publicou em coluna do jornal Zero Hora de 16/03/2008 (pág.17), que o planeta pode estar saindo de um período interglacial e embasa sua afirmação nas prospecções de cilindros de gelo da Antértica.
"...Nestes, os cientistas descobriram que a temperatura global já esteve mais elevada, 130.000, 250.000 sn
os atrás, porém as concentrações de CO2 sempre foram inferiores às atuais. Segundo o artigo, ficou comprovado, ainda, que o planeta esteve mais aquecido entre os anos 800 e 1.200 d.C e que entre 1925 e 1946, sendo que as emissões inferiores a 10% das atuais em ambas as situações. Em adição, provou-se que o aumento da temperatura antecede o do CO2 e não o contrário, tornando o aquecimento global antropogênico questionável.Embora a concentração de CO2 continue aumentando, observações dos últimos 10 anos mostraram que a temperatura global está diminuindo e que é muito mais provável que o clima se resfrie nos próximos 20 anos, semelhante o que ocorreu entre 1947-1976. Mudanças climáticas globais são naturais e não há comomodificá-las. O Protocolo de Kyoto, por exemplo, é inútil quanto à diminuição do aquecimento. A história do aquecimento global fez com que o público confundisse mudanças climáticas com conservação ambiental, coisas totalmente distintas. A conservação ambiental é uma necessidade da Humanidade, independente de mudanças climáticas, quer seja aquecimento ou resfriamento global."

Ele dá palestras País afora e tornou a ser citado pelo mesmo jornal ZH em 09/02/2014, na página 04.

Num documentário (em português, do Discovery Channel) sobre o super-vulcão Yellowstone, que pode explodir à qualquer momento, é explicado como os aerosóis (gotículas de ácido sulfúrico, formado pelo gás sulfídrico lançados na estratosfera) refletem a luz solar impedindo que a temperatura se eleve, esfriando-a paulatinamente até a formação de uma "era de gelo". No gelo de camadas profundas da Groenlândia, os cientistas descobriram altas concentrações de ácido lançadas à 74000 anos atrás, o que coincide com a explosão do super-vulcão de Toba, na Indonésia. O instituto Max-Plank simulou que se Yellowstone sofrer uma super erupção, a Terra será envolvida por um manto sulfuroso tão espesso em duas semanas após a erupção, provocando uma queda de temperatura na Europa e E.U.A. em torno de 12 graus e nos trópicos , em torno de 15 graus! Isto provocaria a permanência de um manto de neve POR MAIS DE DOIS ANOS no hemisfério norte, modificando brutalmente o regime de chuvas, o que seria uma tragédia para a agricultura e parte da humanidade morreria de inanição. Os cientistas afirmam que talvez isso não ocorra tão cedo, talvez nem mesmo no século 21 ou 22, mas este fenômeno vem ocorrendo nos últimos 10000 anos. Os cientistas continuam a observar a deformação e temperatura do solo, a emissão de gases e a ocorrência de perigosos terremotos dentro da cratera do famoso parque, pois os terremotos é que podem fragilizar a fina camada de rochas da "tampa" da cratera, iniciando a liberação do magma numa gigante erupção.

Outro professor

O programa jornalístico do SBT,"REALIDADE" (veja o vídeo da matéria em
http://www.sbt.com.br/sbtrealidade/multimidia/ ), apresentado por Ana Paula Padrão,levou ao ar em ediçãode 26/03/2008, matéria que anuncia estudos e teorias de renomados cientistas, que prevém a extinção da Humanidade, justamente pela combinação dos efeitos solares/cósmicos/vulcânicos sobre as condições climáticas do planeta,que até o ano 2050 terá extinto milhões de espécies vegetais e animais, como já ocorreu em eras antigas, como a do período Perniano (devido às concentrações de dióxido de carbono liberadas pelo vulcanismo que elevou a temperatura da Terra em 15º C e aniquilou 95 % de todas as espécies animais ), tal qual estamos vivenciando nos atualmente. O derretimento teve um record (ocorrido em 1998, quando cerca de 0,7 m de gelo das geleiras Norueguesas, derreteu) quebrado em 2006 (de acordo com a PNUMA, da ONU), quando viraram água 10,5 m de gelo. SE NÃO, VEJAMOS:

1) Períodos de secas: o rio Nilo, desde que os árabes invadiram a Europa, vem controlando e registrando o nível do rio nos últimos 1200 anos da era cristã. Com estes registros, verefica-se que o Nilo vem tendo períodos de estiagem e seca, a cada 200 anos, aproximadamente.
ESTES PERÍODOS DE SECA AFETARAM MORTALMENTE AS CIVILIZAÇÕES ANTIGAS. * O antigo império egípcio desapareceu há 4200 atrás, aproximadamente na altura
do séc XXII a.c.; causa: teria ocorrido uma mini-glaciação, que retirou umidade do
ar nas cabeceiras do Nilo, provocando estiagem e fome, que dizimou as populações
e provocou o colapso do império; provas desta catástrofe? Estão registradas nas
paredes da tumba de Anktife, um nobre que viveu na corte do um Faraó da VI
dinástia, já em decadência.Outra prova? De que o vulcanismo provocou isso?
Veio de sedimentos vulcânicos encontrados no fundo do mar da Islândia, trazidos por
icebergs que flutuaram até baixas latitudes e lá derreteram; Mais prova? Gotas de
água de chuva aprisionadas em estalactites milenares em uma caverna em Israel, que
continham altas doses de oxigênio pesado;

*Civilização Minóica ou Egéia ( predecessora da civilização Cretense ) teria desaparecido
após a erupção do vulcão Teera [Santorini também era um local minoano e as ruínas podem ser encontradas pela ilha. Havia uma montanha no seu centro, provavelmente com 1500 metros de altura, até aproximadamente 1500 A.C.. Esta montanha era um vulcão; suas erupções começaram aproximadamente em 1500 A.C. e tiveram um clímax final aproximadamente em 1470 A.C.. Este vulcão era geologicamente similar ao Krakatoa (vwe referencia ao ano 1183 neste blo) , porém 4 vezes maior e provavelmente tinha o dobro da violência. A fúria da sua explosão final é inferida de amostras geológicas do núcleo, de comparação de com as detalhadas observações feitas no Krakatoa em 1883 e da obliteração simultânea de quase todos os estabelecimentos minoanos. Os registros de tempo geológico da explosão final do Santorini são muito precisos. O provável quadro seria este: no verão, cerca de 1470 A.C., o Santorini explodiu. As cinzas vulcânicas encheram os céus, encobriram o Sol e desencadearam granizo e relâmpagos. Uma pesada camada de cinzas vulcânicas choveu sobre o Egeu, cobrindo as ilhas e as plantações. Terremotos abalaram a terra e estruturas de pedra caíram com o movimento. Quando a enorme câmara de magma do Santorini finalmente entrou em colapso para formar a cratera, enormes tsunamis (ondas tidais) se espalharam em todas as direções] arrasando a cidade de Knossos [A ilha de Santorini moderna é agora a borda do vulcão – a cratera está coberta pelo mar Egeu. Diques de pedra pomes e cinzas vulcânicas marcam o seu centro, onde o vulcão permanece. Os novos habitantes de Santorini escavam as cinzas vulcânicas para fazer cimento – e ainda encontram ruínas antigas sob as pedras. As cinzas agora constituem o solo, oliveiras e árvores frutíferas cobrem a terra e a antiga Atlântida (Creta, Santorini e talvez outras ilhas do Mar Egeu) está quase que completamente enterrada.Os novos habitantes reconstruíram Creta, mas as ruínas mudas da antiga Atlântida ainda podem ser vistas] e esfriandoo planeta em 2º em média,desaparecendo por completo em 3500 a.c. aproximadamente.
Provas? Gotículas deácido sulfúrico ( provenientes da reação do gás sulfídrico com o
vapor de água da atmosfera) encontradas a 720m de profundidade no gelo da Groelândia;
Outra prova: na madeira dos carvalhos irlandeses milenares, usados por Vikings (povo "bárbaro" do Mar do Norte ou Nórdico, não "Germânico" - das atuais Noruega/Suécia/Fimlândia - que saqueou várias regiões da Europa Ocidental durante o sec IX d.c.)
construção de um barco arqueológico, foram observados redução de anéis de crescimento
destas árvores nesta época, denunciando um período difícil para as árvores;
A foto abaixo, do satélite LANDSAT, mostra a ila de Santorini, ou Santorino (em grego Σαντορίνη), é uma ilha vulcânica localizada no extremo sul do grupo das Cíclades, no Mar Egeu, a cerca de 200 km a sueste da cidade de Atenas, Grécia nas coordenadas aproximadas de 36.40° N e 25.40° E.

A ilha deve o seu nome a Santa Irene, nome pelo qual os venezianos a denominavam. Era anteriormente conhecida por Kallisti, Strongili ou Thera, nome que ainda hoje ostenta em grego.
Para além da ilha principal, Santorini tem nas suas proximidades diversos ilhéus, formando um grupo quase circular de ilhas, vestígio da grande erupção que despedaçou a ilha. O grupo de ilhas é também conhecido por Tira (em grego Θήρα). Santorini é o vulcão mais activo do denominado Arco Egeu, sendo constituída por uma grande caldeira submersa, rodeada pelos restos dos seus flancos. Esta forma actual da ilha deve-se, em grande parte, à erupção que há aproximadamente 3.500 anos atrás destroçou o seu território. Aquela erupção, de grande explosividade, criou a actual caldeira e produziu depósitos piroclásticos com algumas centenas de metros de espessura que recobriram tudo o que restou da ilha e ainda atingiram grandes áreas do Egeu e dos territórios vizinhos.
O impacto daquela erupção fez-se sentir em todo o mundo, mas com particular intensidade na bacia do Mediterrâneo. A erupção parece estar ligada ao colapso da Civilização Minóica, na ilha de Creta, sita apenas 70 km a sul.
Este evento geológico estaria relacionado ao ÊXODO dos judeus, que guiados por Moisés, teriam sido ajudados na TRAVESSIA do Mar Vermelho, em fuga para uma liberdade que só seria descrita uns 500 anos depois, já em Canaã, estruturados em reinos.
O episódio do Mar Vermelho, onde teriam perecido as tropas do faraó Ramsés, engolidas pelas águas do mar, é muito semelhante à um devastador tsunami, que após as águas retrocederem, o vagalhão em forma de onda gigantesca vem com súbita violência, arrasando tudo pela frente. Evidência ?
De acordo com a tradição judaica, a primeira celebração de Pessach [ do hebraico פסח, ou seja, passagem ]De acordo com a tradição judaica, a primeira celebração de Pessach ocorreu há 3500 anos, quando de acôrdo com a Torah – a Lei de Deus.
A data coincide com o evento ocorrido em Santorini. Fpram encontrados objetos de bronze no fundo do Mar Vermelho e os egípcios, daquela época, usavam muito o bronze nas idumentárias dos soldados.
*Em 79 d.c. o vulcão Vesúvio, na Itália soterra Pompéia e Herculano; Mais uma seca
afeta o Nilo e o Níger;

*Em 535 d.c. o vulcão Krakatoa teria entrado em uma violenta erupção, conforme antigos textos javaneses, como no "Livro dos Reis" e esta explosão terminou por separar Sumatra de Java e isto teve enormes e nefastas consequências no clima global, que provocou um retrocesso para as civilizações da época;

*Em 622 d.c. os mulçumanos registram a primeira seca no rio Nilo;

*Civilização Maya: vestígios da cidade de Ticau indicam que uma população estimada
em 11.000.000 de pessoas sucumbiu a uma seca terrível, na altura da longitude 20ºN,
na penísula do Iucatan, no atual México. Isto deve ter ocorrido entre 600 d.c. e 900 d.c.,
deixando para os espanhóis testemunharem em 1523 a decadência de um império;
Provas? Concentração de amônio (indicador da exuberância vegetal) muito baixa no
gelo milenar da Groelândia; Faixa de lipsita (mineral encontrado nas camadas profundas
do lodo de um lago da região) com alta concentração de O2 pesado, indicador de seca,
numa profundidade equivalente ao século IX da era cristã;
Qual teria sido a causa desta seca em pelna selva? Tudo leva a cre que foi o vulcanismo.
O que teria ativado este vulcanismo? O sol, que teve um grande número de manchas
solares por volta de 1050 d.c., seguido de um mínimo de atividade, chamado "mínimo
de Oort" ( de 1050 d.c. a 1140 d.c.). Neste intervalo de tempo, um evento violento ocorre no espaço sideral:

Segundo o astronomo Carl Sagan, na quarta parte do documentário "As Vidas das Estrelas . Parte 4 de 6 - (Dublado em Portugues)" disponivel no link http://www.youtube.com/watch?v=dkIsX980e6c&feature=relatedé relatado que em 04/07/1054 d.c. os astronomos chineses regisraram o que chamaram de "estrela visitante" na constelação de Touro, uma estrela jamais vista que rompeu-se radiante, ficou quase tão brilhante quanto a Lua, e o mesmo fenomeno foi observado no sudoeste norte-americano, por uma outra cultura com tradição astronomica, oa Anazazi, os antecedentes dos Hopes de hoje, que deixaram a inscrição abaixo, indicando uma estrela mais brilhante no céu:
Esta inscrição representa a nova estrela perto da Lua crescente e a marca de mão, talvez seja a assinatura do artista. A representação teve a datação pelo carbono 14 confirmada e se refer a uma estrela que explodiu e jogou no espaço toda a matéria de que era constituida, inclusive particulas altamente energéticas, como protons acelerados, que hoje é conhecida como "Supernova Carangueijo" ("nova" porque vem do latin e "carangueijo" porque foi o que lembrou um astrionomo que a observou pela primeira vez pelo telescópio séculos mais tarde). Esta explosao foi visivel a olho nu por mais de tres meses e à noite, segundo o ducumentário, podia-se ler à luz dela. As civizações não sabiam do que se tratava o fenomeno, mas certamente a grande quantidade de energia que atingiu a Terra, certamenta mexeu com núcleo e deve ter provocado mais atividade vulcanica subsequante.Hoje, no ponto onde ocorreu a explosão avista-se somente um nuvem de gás expandindo-se em direção ao espaço.

Serias este fenomeno pode estar tambem, relacionado ao desaparecimento da Civilização Maya?
Esta civilização sucumbiu em torno do ano 900 D.C.(?), sem deixar vestígeos. Era parte dessa cultura sangrentos sacrifícios humanos nos templos do nordeste do México. Junto com esta civilização, também desapareceram os Toltecas e os Olmecas, quase na mesma época. Quando o espanhol Ferando Cortez chegou ao centro do México, a civilização que lá existia, se consolidou em cima de restos destas civilizações perdidas, cujos templos ficaram escondidos pela selva do Yucatan por quase 1.500 anos. Até hoje não se decifrou a escrita destes povos. O que se sabe deles, é feito através de relatos de descendentes, e interprtações das incrições nas paredes dos templos, que representam seres ligados ao "sub-mundo"(habitado pelos homens vivos), ao Sol (o Universo) e ao elemento que une todos: o sangue derramado das vítimas dos sacrifícios.

OBS: consta a informação de que teria sido uma onda de radiação gama e que teria ocorrido na "Idade Média", entre 774 e 775 d.c., conforme estudo de um Instituto de Astrofísica da universidade de Jana, publicado pelo professor Ralph Neuhauser na Monthly Notices of Royal Astronomical Society, possivelmente gerada pela fusão de duas estrelas de neutrons ou buracos negros, que bombardeou a terra, elevando os níveis de berílio na Antárdida.
Noticia veiculada a partir de 25/01/2013 na internet.
É aguardar a próxima explicação para o mesmo evento!

*Vulcão Eldgjá (Islândia) "acorda" em 939 d.c. e provoca mais um período de seca no Nilo;

*Vulcão Krakatoa, ente Sumatra e Java, explode após entrar em erupção, sendo
considerado a mais violenta erupção vulcânica que se tem noticia;

*Em 1200 d.c., ocorre mais uma seca no Cairo( à beira do rio Nilo); Qual seria a causa?

* Entre 1315 e 1317 , na Europa Medieval, a produção agrícola cai, devido às más colheitas. A fome e a desnutrição se espalha, facilitando a disseminação da Perste Negra (doença transmitida pelas pulgas de ratos infectados, trazidos pelas rotas mercantes da Ásia para o Ocidente (onde a epidêmia começou, em esoecial na China)) e foi a mola que inpulsionou a procura de novas terras para cultivar;

*Em 1500, o Merapi começa a expelir suas entranhas, numa seqüência de 5 erupções;

*Em 23/01/1556: um terremoto de 8 graus destroi uma superficie de 850 Km2 na provincia de
Shaanxi, na China, atingindo 97 cidades ;

*Em 1577, ocorre uma violenta erupção vulcânica em Nea Kameni, ao sul de Santonini;
Veja mais no comentário sobre civilização Minóica;
*Em 1626 d.c., o vulcão Merapi (Indonásia) torna a baixar a temperatura global, que
afeta a europa; Adivinha o que aconteceu!

*De 1641 à 1715, ocorreu o que se chamou de "mínimo de Maunder", onde o Sol
apresentou poucas manchas solares expressivas, coincide com uma "mini-glaciação";
Provas? A contagem de isótopos de Berílio, criados pelas radiações solares, no
gelo da Antárdida indica alta concentração da substãncia no período analisado;

*01/11/1755: no Dia de Todods os Santos, um mega-terremoto sacudiu a capital do
Império Português, que soçobrou em seguida, por um vagalhão (tsnami) e ardeu por seis dias seguidos num imenso incêndio (provocado pela enorme quantidade de velas aceasa pelos fiéis à todos os santos católicos). Este maremoto atingiu regiões costeiras da Espanha, Groelândia, EUA, Marrocos, Islândia e Irlanda, causando enorme destruição em algumas destas regiões;

*Em 1783 d.c., o vulcão Laki (Islândia) inicia uma série de erupções,que alterou o
clima mundial e secou o "Sahel" africano (região de cerrado - O Sahel é uma faixa que vai do Oceano Atlântico ao "chifre" da África, consistindo numa área de savana entre o deserto do Saara e as terras férteis ao sul.), provocando mais seca no Egito (a seca atingiou o Nilo) e Europa(que sofreu com um inverno inclemente) e reduzindo a temperatura média da Terra em 3º em média. O impacto das erupções do Laki foi tão significativo, de acordo com os pesquisadores, porque soltou grandes quantidades de dióxido sulfúrico na atmosfera. Quando combinado com o vapor d’água, o gás forma pequenas partículas chamadas aerossóis, que reduzem a radiação solar incidente. Isso esfriou a temperatura média no hemisfério Norte em 3º C em 1783. A análise dos anéis de árvores mostra significativa redução no crescimento naquele período, indicando o verão mais frio dos últimos 400 anos no noroeste do Alasca e dos últimos 600 anos em partes da Sibéria.
A erupção do vulcão Laki foi o fator que desencadeou a quebra das safras na Europa e, deve ter sido, o estopim para a RAVOLUÇÃO FRANCESA,que culminou com a queda da Bastilha em 1789.
A vida dos trabalhadores e camponeses era de extrema miséria, portanto, desejavam melhorias na qualidade de vida e de trabalho. Muitos dos camponeses, não suportando as condições de vida no campo buscavam a cidade de Paris à procura de outras opções do trabalho. Naquele período, Paris não apresentava condições próprias para abrigar esse novo contingente populacional. Dessa maneira, as ruas parisienses ficavam abarrotadas de desempregados e miseráveis protagonistas de mais um traço da crise francesa.
Veja o documentário em http://vimeo.com/7794900
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=OEbcCrXnR9s

Já nas latitudes mais altas, erupções igualmente fortes nos trópicos normalmente lançam aerossóis na atmosfera, que podem se espalhar pelo globo por até dois anos. A conseqüência é que erupções tropicais podem influenciar o clima ao redor do mundo, mas de maneira menos dramática.

*Em 1800, o Merapi volta a expelir suas entranhas, numa seqüência de 20 erupções;

*Em 1812, quando o Monte Tambora na Indonésia entrou em erupção tão profusamente que o clima da Terra esfriou por vários anos depois, o impacto da erupção

*Em abril de 1815, o Tambora (Indonésia) entra em erupção. É a maior erupção conhecida no planeta durante os últimos 10.000 anos. O monte Tambora entrou em erupção entre 5-10 de abril. A explosão foi ouvida na ilha de Sumatra (a mais de 2000 km distante). Uma enorme queda de cinzas foram observadas em locais distantes como nas ilhas de Bornéu, Celebes, Java e até o arquipélago das Molucas. A erupção criou anomalias climáticas globais, pois não houve verão no hemisféerio em consequência desta erupção, o que provocou a morte de milhares de pessoas devido a falta de alimento com registros estatísticos confiáveis especialmente na Europa, passando o ano de 1816 a ser conhecido como o "ano sem verão". A razão para que as alterações climáticas foi maior absorção de luz solar devido a um véu de aerossóis (que consiste principalmente de gotículas de ácido H2SO3, formado pelo lançamento de SO2) que foram dispersados em torno de ambos os hemisférios por correntes estratosféricas da pluma altura. As temperaturas globais caíram tanto quanto em 1816 e recuperados durante os anos seguintes. Depois da erupção, a montanha do vulcão ficou com metade da altura anterior e formou-se uma enorme caldeira, hoje contendo um lago. 

*O vulcão Mauna Loa (Hawaí) entra em 1835;

*Em 1822, o vulcão Galunggund (Indonésia) provoca maremotos e afeta o clima mundial;

*A partir de 1850 até 1950 (Mínimo de Mauder), os pólos magnéticos da Terra deslocam-se 2 milhas/ano.
A partir de 1950, INICIA-SE A ÉPOCA do recrudescimento da atividade vulcânica no planeta;

*Setembro de 1859: uma violenta tempestade geomagnética, mais conhecida por “Carrington Event”, ejetou nuvens de plasma que atingiu o Hemisfério Norte, provocando auroras boreais em regiões meridionais até o Taiti. As centrais telegráficas da época se incendiaram ESPONTANEAMENTE, provocando pânico na "era Vitoriana";

 Casualmente, inicia-se em 1877 as ondas migratórias de italianos rumo às lavouras de café do Brasil. No caso brasileiro, os dados indicam que em torno de 4,5 milhões de pessoas imigraram para o país entre 1882 e 1934. Destes, 2,3 milhões entraram no estado de São Paulo como passageiros de terceira classe, pelo porto de Santos, não estando, pois, aí incluídas entradas sob outra condição. É nessa época que ocorre a primeira tentativa de fundar uma colônia alemã em 1824, com o nome de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, numa área de terras públicas do Vale do Rio dos Sinos.

*1883: explode pela segunda vez, o vulcão Krakatoa (Java). Já tinha se passado o mínimo de Dalton (1790-1825 d.c.);

*O Monte Pelée (Martinica) entra em erupção em 1902, junto com o Santa Maria
(Guatemala) e destroi a cidade de Saint Pierre;

*Em 1900, o Merapi volta a expelir suas entranhas, numa seqüência de 25 erupções;

A primeira leva de japoneses chegou ao Brasil em 1908, através de um esquema de imigração subsidiada. Houve oposição inicial à imigração dessa etnia, que acabou sendo aceita como uma alternativa as dificuldades impostas pelo governo italiano à imigração subsidiada de italianos para o Brasil. Os japoneses concentraram-se no estado de São Paulo, correspondendo a 92,5% o número de japoneses que entrou nesse estado, entre 1909 e 1972.

*Em dezembro de 1906-terremoto sacode São Francisco-EUA. Esse terremoto levantou uma rua a 20m de altura e rompeu com os encanamentos de água e gás da cidade. As explosões das tubulação de gás incendiaram a cidade e a falta de água fez com que os incêndios se alastrassem.
Estudo conduzido pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), apresentado nesta quinta-feira, informa que a baía de São Francisco, no litoral oeste do país, pode ser atingida a qualquer momento por um enorme terremoto que seria ainda mais devastador que o furacão Katrina, e, pior, a população não está preparada para isso. A pesquisa dá como "iminente" um tremor de magnitude 7 na falha de Hayward, que deixaria danos no valor de US$ 165 bilhões e prejuízos econômicos de mais de US$ 1,5 trilhão, além das mortes e ferimentos ocasionáveis nestas circunstâncias. Este cenário não considera a ocorrência de incêndios após o tremor, como no grande terremoto de 1906, quando o fogo reduziu a cinzas bairros inteiros da cidade. O último sismo de grande amplitude na região, com 5,6 graus na escala Richter, foi registrado em 30 de outubro. A terra tremeu durante um minuto, mas felizmente não houve feridos ou danos materiais notáveis. Para o Instituto para a Pesquisa de Engenharia de Terremotos (EERI), os aeroportos de São Francisco e Oakland, assim como os portos da zona, são construídos com materiais bastante suscetíveis a sofrer danos em terremotos, e que tanto a ponte da baía, que liga São Francisco a cidades como Oakland e Berkeley, quanto o sistema de transporte suburbano da cidade precisam de trabalhos de atualização para evitar que sejam derrubados após um movimento sísmico.





Imagem da falha de San Andreas, no estado americano da California








*Em dezembro de 1908-terremoto sacode Messina-Itália;

*Em 1912: Monte Katmai (Alaska), entrou em erupção em 1912 e afetou o rio Níger, no centro-oeste da África, na Nigéria;

Eclode a Primeira Guerra Mundial.
"A Primeira Guerra Mundial foi uma guerra ocorrida devido pretensões imperialistas entre 1914 até 1918, com conflitos principalmente em regiões européias."

*O vulcão Kelud (Indonésia) recomeça a atividade vulcãnica em 1919;

*Em dezembo de 1920-terremoto sacode Ganzu-China;

*Em dezembo de 1922-terremoto sacode Ganzu-China, novamente;

*27/01/1922:Mogi Guaçu-São Paulo:5,2 graus;

*Em setembro de 1923-terremoto sacode Yokohama-Japão;

*O vulcão Kilauea (Hawaí) entra em atividade em 1924;

*Em maio de 1927-terremoto sacode Xining-China;

*Em uma erupção de 1930, o vulcão Merapi provocou a morte de 1.300 pessoas;

*Em maio de 1935-terremoto sacode Quetta-Paquistão;

*28/05/1939:Tubarão-Santa Catarina-Brasil-5,5 graus;

*O Vesúvio entra em erupção em 1944;

**Em outubroo de 1948-terremoto sacode Ashgabat-Turcomenistão;

*Em 1950: ocorre uma violenta erupção vulcânica em Nea Kameni, ao sul de Santonini;uma grande seca atinge o oeste norte-americano: o Texas agoniza;
Veja mais no comentário sobre civilização Minóica;

*Em 1955-terremoto sacode Serra do Tombador-MT-Brasil (maior detodos - 6,3 graus);

*Em janeiro de 1955-terremoto sacode Porto dos Gaúchos (Serra do Tombador-MT), tendo
alcançado 6.5 na escala Richter (foi o maior de todos).

*O vulcão Étna (Itália) acorda em 1969;

*Em maio de 1970-terremoto sacode o Peru;

*Em julho de 1976-terremoto sacode Tangshan-China;

*O vulcão Sta Helena (EUA) explode em Maio de 1980;

A erupção do vulcão do Monte Santa Helena, no noroeste dos Estados Unidos, deixou 57 mortos. As explosões e os tremores de terra fizeram o lado norte do vulcão entrar em colapso, devastando 600 quilômetros quadrados de floresta e liberando na atmosfera toneladas de poeira que obscureceram o céu por dias.

*O El Chicón (México) acorda em 1982;

*O vulcão Étna (Itália) acorda em 1983, junto com o Kliauea (Hawaí);

*05/08/1983:Codajás-Amazonas-Brasil: 5,5 graus;

*O vulcão Nevado Del Ruiz (Cordilheira Central, Colômbia) acorda em 1985 e destroi a cidade de Armero;

Deslizamentos de terra devastaram a cidade de Armero, na Colômbia, fazendo quase 25 mil mortos. O vulcão Nevado del Ruiz, situado a 40 km, entrou bruscamente em erupção duas horas antes. Seu calor derreteu parte do gelo e neve que cobriam o vulcão.

*1986: terremoto sacode a cidade de Pedro Leopoldo-MG-Brasil;

*Em 1989 um abalo na cidade de João Câmara (RN) chegou a derrubar algumas casas e prédios públicos.*Em 21/06/1990-terremoto sacode o noroeste do Irã;

*16 de julho de 1990.- Manila e várias províncias de Luzon (Filipinas) são abaladas por um tremor de 7,7 graus, que deixa 1.597 mortos.

*Em 15/08/1990: o mais forte terremoto do mundo atinge o Peru, a 160 Km ao sul de Lima: 7,5 graus.

*20 de outubro de 1991.- Uttar Pradesh, norte da Índia: cerca de 2 mil mortos em conseqüência de um terremoto de 6,1 graus.

*Em 1991, o Pinatubo (Filipinas) entra em atividade violenta, sendo
observado e estudado exaustivamente;
Nas Filipinas, o despertar do vulcão Pinabuto fez mais de 800 mortos. Dezenas de milhares de hectares foram destruídos e mais de um milhão de pessoas foram deslocadas.

Este vulcão resfriou superfície da Terra em 0,5°C. O efeito compensou impacto dos gases-estufa entre 1991 e 1993.



*Dezembro de 1991
A erupção do Etna, na Sicília, registrou uma das maiores erupções dos últimos três séculos, em termos de duração (473 dias, até o dia 1º de abril de 1993) e em distância percorrida pela lava e sua quantidade (mais de 250 milhões de metros cúbicos). Em maio de 1992, a defesa civil salvou a vila de Zafferana, impedindo o avanço da lava com explosivos e blocos de concreto.

*22 de março de 1992.- Leste da Turquia: mil vítimas e 50 mil pessoas desabrigadas por causa de um abalo de 6,3 graus.

*13 de dezembro de 1992.- Ilha de Flores (Indonésia): 2.500 mortos no terremoto de 7,5 graus.

*Em 30/09/93, um terremoto de 6,4 graus sacode o sul da Índia (Estado de Maharashtra) e mata 7.601 mortos e 15.846 feridos, o mais devastador sofrido pelo país desde sua independência, em 1947;

* Em 1995, entra em erupção o Cerro Negro (Nicarágua), o Ruapehu (Nova Zelândia),
Rincón de La Vieja ( Costa Rica) e o Nevado Del Ruiz (Colômbia) ;

*17 /01/95.- Cidade de Kobe, oeste do Japão: 6.400 vítimas fatais num tremor de 7,2 graus.

*28/05/95.- Neftegorsk, norte da ilha de Sakhalina (extremo leste da Rússia): 1.989 mortres num tremor de 7,5 graus.

*31/11/1995-Porto dos Gauchos-Mato Grosso-Brasil: 6,2 graus;

*Em 1996, entra em atividade o Pavlov ( Rússia), que foi afetado pelas águas do
oceano;


*28/02/97.- Noroeste do Irã: Um terremoto de 5,5 graus causa mil mortes.
*10/05/97.- Leste do Irã, especialmente a província de Khorasan: pelo menos 1.560 mortos num terremoto de 7,1 graus.
*04/02/98.- Distrito de Rustaq, norte do Afeganistão: pelo menos 4.400 pessoas morrem devido a um terremoto de 6,1 graus. Três dias depois, outro, de 6 graus, mata 250 pessoas na mesma região.

*Agosto de 1997
Plymouth, a capital da pequena colônia britânica de Montserrat, no Caribe, foi riscada do mapa após a erupção do vulcão Soufriere Hills, que continua ativo até hoje. A capital foi inundada por colunas de fogo e cinzas.

*Em 1998, seca no Nordeste (desta vez, foi o fenômeno El Niño o responsável)- Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Bahia agonizam. Durante o primeiro semestre, a quantidade de chuvas foi insuficiente para recuperar o nível de açudes e reservatórios, esvaziados pela estiagem rigorosa. O quadro é grave, porque pelo menos até dezembro não choveu no semi-árido. Em Minas, 200 rios e córregos considerados perenes ficaram inteiramente secos.

*30/05/98.- Província de Tajar, nordeste do Afeganistão: mais de 5 mil mortes após um terremoto de 7,1 graus.
*18/07/98.- Costa norte de Papua-Nova Guiné: um maremoto, com ondas de dez metros de altura, causa pelo menos 3 mil mortes.
*1998: terremoto sacode a cidade de Pedro Leopoldo-MG-Brasil;

*1999: a Turquia sofre dois terremotos que matam 20.000 pessoas no país;

*1999: terremoto sacode a cidade de Pedro Leopoldo-MG-Brasil;

* 25/01/99.- Oeste da Colômbia: mais de 1.100 mortos em razão de um terremoto de 6,2 graus, que teve até 14 réplicas.
*17/08/99.- Noroeste da Turquia, incluindo Istambul: mais de 17 mi mortos e 30 mil feridos por causa de um terremoto de 7,4 graus.
*20/09/99.- Taiwan, com epicentro em Puli, no centro da ilha: 2.412 mortos e 9 mil feridos, no pior abalo da história do país, que teve uma intensidade de 7,6 graus.
*20 de novembro de 2000, a terra tremeu com uma magnitude 3,7 em Brasília;

*26/01/01.- Estado de Gujarat (noroeste da Índia): pelo menos 15.500 mortos num tremor de 6,9 graus com epicentro em Bhuj.

*Janeiro de 2002
A erupção do vulcão Nyiragongo, próximo a Goma (leste da República Democrática do Congo), destruiu completamente o centro da cidade, bem como diversos bairros residenciais e parte da infra-estrutura foi carbonizada.
*30/04/2002: terremoto sacode a cidade de Pedro Leopoldo-MG-Brasil;

*06/05/2002: terremoto sacode a cidade de Pedro Leopoldo-MG-Brasil;

*28/05/2002: na madrugada deste dia, a Argentina foi sacudida por um terremoto à noroeste de Buenos Aires, causando mortes e destruíção;

*2003: no parque Yellowstone está o maior vulcão do mundo, que segundo os
vulcanólogos está no estágio inicial de atividade vulcânica;

*16/03/3: terremoto sacode a cidade de Areado e Alterosa, no sul de Minas Gerais-Brasil;

*21/05/03.- Argélia: Um tremor de 5,8 graus Richter deixa 2.273 mortos, 10.243 feridos e mais de mil desaparecidos. O abalo afeta também a Espanha, provocando maremotos nas Baleares, Alicante e Almería.
*26/12/03.- Sudeste do Irã: um terremoto de 6,3 graus mata 26.271 pessoas na cidade de Bam, destruindo 70% das casas e deixando sem lar dois terços dos mais de 200 mil habitantes.
*O Vesúvio, poderá entrar em erupção violenta, como a que soterrou Pompéia, ainda
neste século XXI;

*17/03/04: WELLINGTON - Foi quase duas vezes maior do que o estimado a mais intensa explosão solar já observada pelo homem, ocorrida em novembro do ano passado. A erupção "cegou" os detectores de raios-X dos satélites e dificultou o cálculo da intensidade na ocasião. Dois dias depois, o Centro de Ambiente Espacial da NOAA, agência atmosférica do governo dos EUA, classificou a explosão como sendo de grandeza X-28. Os recordes anteriores, de 1989 e 2001, haviam sido chamados de explosões X-20. Agora, cientistas da Universidade de Otago, na Nova Zelândia, usou um método alternativo aos raio-X para tornar a medição mais precisa e concluiu: tratou-se de uma X-45. Imagem da explosão registrada na superficie solar

*02/07/2004: terremoto de 5 graus sacode a provincia de Agri, a leste da Turquia;

*26/12/04.- Ilha de Sumatra (Indonésia): um MAREMOTO de 8,9 graus Richter, com epicentro em Aceh, causa mais de 280 mil mortes em 12 países da Ásia e África. O tsunami provocado varreu e arrasou extensas zonas litorâneas. Os países com mais vítimas foram Indonésia (121.219) Sri Lanka (pelo menos 39 mil) Índia (cerca de 11 mil), Tailândia (pelo menos 5.313, sendo 2.171 estrangeiros).

*25/03/2005:Porto dos Gauchos-Mato Grosso-Brasil:5,1 graus;

*28/03/05.- Indonésia: cerca de 1.300 mortos após um terremoto de 8,7 graus em frente à costa da ilha de Nias, a oeste de Sumatra.

*12/06/2005- um terremoto sacudiu o sul do Chile e foi sentido em São Paulo, a 1.500 Km de distância. e em Santo Angelo, no Rio Grande Do Sul;

*20/09/05-Ilha de São Miguel ativa plano ante atividade sísmica- Três municípios da ilha de São Miguel, arquipélago português de Açores, ativaram os planos de proteção civil ante o aumento da atividade sísmica. Segundo o Sistema de Vigilância Sismológica das Açores (SIVISA), foram registrados pelo menos dez tremores, dois dos quais alcançaram 5 graus de intensidade na escala de Mercalli modificada, de 12 pontos.

*08/10/05.- Caxemira, fronteira entre Paquistão e Índia: cerca de 86 mil mortos e 40 mil feridos após um terremoto de 7,6 graus com epicentro no lado paquistanês da divisa. Do lado indiano, mil mortos;

*25/10/05-um terremoto sacudiu a cidade de São Paulo-SP-bairro do Tremembé;

*27/05/06- Java (Indonésia): terremoto de 6,2 graus deixa saldo de pelo menos 6.234 mortos, 20 mil feridos e 340 mil desabrigados;

*05/06/2006: a atividade doo vulcão Merapi (em Java) aumenta subitamente;

*17/07/06- Java: terremoto de 7,7 graus provoca um tsunami que mata 596 pessoas;

*18/08/06: Um novo telescópio no Arizona já detectou sinais de um novo ciclo de atividade solar. Seria o começo do 24° ciclo registrado (fevereiro de 2007), desde que o processo começou a ser acompanhado de perto pelos cientistas. [Exatamente no dia 4 de janeiro de 2008 ocorre o surgimento de uma mancha com as características mencionadas fez com que os cientistas espaciais anunciassem o início de um novo período, o do Ciclo Solar 24.] Algumas previsões dão conta de que vem chumbo grosso pela frente – ao que parece, este novo ciclo será mais intenso que o anterior. Os ciclos solares não são muito precisos, e muito do que há por trás de sua ocorrência, e segue sendo um mistério. Em média, cada ciclo dura cerca de 11 anos(irá se extender até 2017), período em que o Sol passa por um pico de atividade (em 2012) [ A cada 11 anos aproximadamente, o Sol passa por ciclos alternados de alta e baixa atividade eletromagnética, conhecidos por mínimos e máximos solares. Desde que as observações começaram a ser feitas, em 1750, até o ano de 2007 já foram contados 23 ciclos solares, também chamados de ciclos de Schwabe ] para depois atingir um vale de calmaria. A dinâmica está ligada ao campo magnético solar e o “diagnóstico” pode ser feito a partir da observação das manchas solares. Quanto maior o número de manchas, mais agitada está a estrela. A mudança no ciclo é marcada por uma mudança na polarização do campo magnético nas manchas solares. Então, se num ciclo, o lado esquerdo das manchas está com cargas negativas, no ciclo seguinte ele estará com cargas positivas. Foi justamente essa a observação feita com a recém-montada instalação para Solis (sigla inglesa para Investigações Ópticas Sinópticas de Longo Prazo do Sol), em Kitt Peak, Arizona, Estados Unidos.Londres, 13 set (EFE).- A luz solar exerce um pequeno efeito na mudança do clima da Terra, segundo estudo publicado nesta quarta-feira pela revista científica britânica "Nature".Até agora, os especialistas críticos à teoria que atribui à emissão de gases o efeito estufa, que provoca o aquecimento global do planeta, dizem que o aumento das temperaturas é conseqüência da atividade solar.Segundo esses estudiosos, a mudança climática que aconteceu no último século poderia se dever a um aumento do brilho do Sol.No entanto, um estudo realizado pelo Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica de Boulder (Colorado, EUA) mostra a pequena influência que o Sol tem na evolução do clima no mundo.Os cientistas americanos compilaram dados climáticos do último milênio, que foram comparados com variações da luz solar causadas por manchas solares denominadas ´fáculas´.Dessa maneira, os pesquisadores do Colorado concluíram que a produção de energia solar afetou pouco o clima da Terra, pelo menos até o século XVII e possivelmente durante milhares de anos."Nossos resultados indicam que, durante o último século, a influência humana na mudança climática pesou muito mais do que as variações da luz solar", afirmou o professor Tom Wigley, diretor da pesquisa.Além disso, a análise da atividade solar desde 1978 mostra que o brilho do Sol cresceu no máximo 0,07%, um aumento pouco significativo que dificilmente pode ter contribuído em grande medida para a aceleração do aquecimento global.

*20/11/06: o satélite SOHO detectou mais uma explosão solar. Apesar de não ser das mais intensas, ela surpreendeu por que o Sol está numa fase de relativa calmaria. Ninguém esperava uma atividade destas agora. Isso porque não há evidências de atividade magnética que possa ter causado esta explosão. Suspeita-se que uma mancha esteja se formando na face do Sol que não podemos ver. Isto só deve ser confirmado nos próximos dias, quando o Sol girar o suficiente para nos mostrar sua outra face. Como a explosão não ocorreu na direção da Terra, não teremos problemas com satélites. Também não houve nenhuma daquelas auroras magníficas.

FONTES DOS ASSUNTOS: http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,AA1271082-6174,00.html
http://apolo11.com/spacenews.php?posic=dat_20080407-080500.inc
http://paginas.terra.com.br/arte/sarmentocampos/PropagacaoAtual.htm
http://colunas.g1.com.br/observatoriog1/2006/11/21/uma-explosao-inesperada/
http://www.shatters.net/celestia/
(ESTE SITE REMETE A UM SIMULADOR ESPACIAL GRATUITO)]
http://paginas.terra.com.br/arte/sarmentocampos/PropagacaoAtual.htm
(ESTE SITE RELACIONA A ATIVIDADE SOLAR COM ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS)
http://paginas.terra.com.br/arte/sarmentocampos/PropagacaoAtual.htm
(OUTRO SITE QUE ANALISA EXPLOSOES SOLARES)

*?/?/2006: um terremoto abre uma fenda de 60 Km em solo africano. Está localizada na região do Triângulo de Afar, no leste da Eritréia . Novos estudam confirmam a possibilidade de que a fenda possa chegar a atingir o Mar Vermelho, isolando parte da Etiópia e Eritréia do resto do continente ( é o chamado "Chifre da África" ). A fenda foi aberta no ano passado em consequencia de um terremoto e já atinge 60 km. As últimas observações confirmam que sua extensão está crescendo com velocidade sem precedente. Esta é a maior fenda da crosta da Terra vista em decadas ou talvez em séculos, e de acordo com os cientistas, pode ser o início de um novo oceano.

*12/11/2006: um tremor em Santiago Del Estero, na Argentina, foi sentido em America, Indaiatuba, Campinas (São Paulo) ;

*?/?/2006: uma estiagem assola a região sul do Brasil por Quatro longos meses, provocando um "apagão" energético no país da energia "abundante": a das hidrelétricas.

*17/02/06-um terremoto sacudiu a cidade de Fortaleza-Ceará-Brasil;

*27/02/06-um terremoto sacudiu a cidade de Alto Paraíso-Goiás;

*2007: um intenso terremoto submarino jogou sobre a costa sul do Chile ondas gigantescas (TSUNAMIS). Isto foi na tarde do dia 21/04/2007, as 13h 50min e atingiu 6,2 graus na escala Richter. O epicentro foi localizado a 45 Km da cidade de Coyhaique, atingindo 3 cidades do Chile: Puerto Chacabuco, Coyhaique e Puerto Aisén, provocando pânico entre os habitantes;

*?/05/2007: As sonda gemeas STEREO, lançadas pela NASA para estudar as tempestades solarese seus efeitos no ambiente terrestre, fotografam uma gigantesca explosão na superficie do Sol, que gerou uma onda de choque que rapidamente se espalhpou por toda a superficie do planeta a mais de 1.000.000 Km/h, a exemplo dos tsunamis terrestres;

Imagem do "tsunami" solar registrado pelas sondas Stereo

A energia liberada é fenomenal, equivalente a cerca de dois bilhões de vezez maior que toda a energia elétrica gerada na Terra por ano, e tudo isso em uma fração de segundo.

*15/08/07-um terremoto de 7,9 graus sacudiu o sul Lima-Peru, atingindo as cidades de Chincha-Alta e Ica (a mais atingida), proximas a Pisco, afetando Manaus, no Brasil;

*Evidência de que isto já ocorreu no passado, foi divulgado pela TV BBC: pesquisadores encontraram nas profundezas do mar do norte, no mar entre a Grã-Bretanha e a Escandinávia, um sítio arqueológico submerso, que provávelmente foi habitada cerca de 4.000 a.c.;

*2007: Desde 2005, uma fenda kilométrica surgiu e está crescendo. Ela vai separar o "chifre" da África do resto do continente, sendo um fenômeno geológico que irá fazer surgir um novo mar na região. A Etiópia é o país que mais será atingido, e por conta disso, a guerra civil ficou mais acirrada pela posse do "novo" território que se separará;


*?/12/2007-um terremoto sacudiu a cidade de Caraiba-MG-Brasil;

*5/1/2008

Mancha solar aparece e marca o início do ciclo solar 24


O ciclo solar é também chamado de ciclo de Schwabe e tem duração aproximada de 11 anos. Neste período o Sol passa por momentos alternados de alta e baixa atividade eletromagnética, conhecidos por mínimos e máximos solares. Desde que as observações começaram a ser feitas, já foram contados 23 ciclos solares até 2007.
Oficialmente, um novo ciclo começa sempre com o surgimento de uma mancha solar de polaridade oposta às do ciclo precedente. O surgimento dessa mancha ocorre nas latitudes elevadas, geralmente entre 25 e 30 graus. As manchas do ciclo que se finaliza normalmente se agrupam próximo ao equador.
Durante os últimos meses, os cientistas especializados no estudo do Sol não desgrudaram os olhos um só instante dos instrumentos que monitoram nossa estrela. O objetivo da vigília era a detecção dessa mancha solar muito especial, de polaridade magnética invertida, que como dissemos, deveria surgir nas latitudes mais altas.
No último dia 11 de dezembro as atenções passaram a ser redobradas, quando o telescópio espacial Soho detectou, no limbo do disco solar, uma nova anomalia com as características esperadas. E não poderia ser diferente. Se os cientistas estivessem certos, aquele pequeno sinal visto através dos instrumentos poderia significar o início do ciclo solar 24.
"No último ano, a atividade solar permaneceu praticamente nula, já caracterizando o final do ciclo 23", disse o físico David Hathaway, ligado ao Centro Marshall de vôos espaciais, da Nasa. "O ciclo solar 23 atingiu seu máximo entre os anos 2000 e 2003 e no final de dezembro 2007 já estávamos na fase do mínimo solar", completou o cientista.

Começa o ciclo solar 24
A região em que surgiu a anomalia no dia 11 de dezembro preenchia todas as características. Estava sobre a latitude 24 graus norte e era magneticamente reversa. Só havia um problema: não havia nenhuma mancha, apenas uma mudança de brilho causado pelos campos magnéticos. Mas se esses campos se aglutinassem e formassem uma mancha, os cientistas poderiam anunciar, com absoluta certeza, o início do ciclo solar 24. E foi o que aconteceu.

Na tarde de ontem (sexta-feira, 04), após uma vigília de quase trinta dias, finalmente a tão aguardada mancha surgiu próxima aos 30 graus de latitude norte, dando início a mais um ciclo solar, que acreditam os cientistas, deverá ser muito intenso e marcado por grande quantidade de tempestades solares, com forte impacto nas telecomunicações, tráfego aéreo, linhas de transmissão de energia e sistemas de localização. Como vivemos em uma época de uso intenso de satélites e telefones celulares, o ciclo solar que se inicia poderá ser sentido de modo muito mais intenso do que em outros anos.

Ejeção de massa coronal
Um novo ciclo não significa que nas próximas 24 horas o Sol já apresentará grande atividade elétrica. É importante lembrar que acabamos de sair do mínimo solar e que o crescimento da atividade é lento. Segundo as previsões, o máximo pico dessa nova temporada deverá ocorrer em 2011 e 2012. Até lá, gradualmente teremos um aumento sistemático da quantidade de machas e tempestades solares, com ocasionais ejeções de massa coronal, enormes bolhas de gases ionizados com até 10 bilhões de toneladas, que são lançadas ao espaço a velocidades que superam a marca de um milhão de quilômetros por hora.  
Porém, nada indica que o ciclo de 2012 seja agitado.

*07/01/2008: Várias casas foram danificadas e incendiadas na localidade de Manokwari, e centenas de moradores deixaram suas residências após o terremoto de 6,2 graus de magnitude na escala Richter que sacudiu nesta segunda-feira, dia 7, a província indonésia de Papua, a antiga Irian Jaya.

*27/02/2008-um terremoto sacudiu a cidade de Yorkshire-Inglaterra;

*29/02/08-um terremoto sacudiu a cidade de Sobral-CE-Brasil;

*03/03/08-um terremoto sacudiu as cidades de Sobral e Alcantaras-CE-Brasil;

*03/03/08-um terremoto sacudiu a cidade de Monte Azul Paulista-Brasil;

*19/03/08-um terremoto sacudiu a cidade de Caraibas-MG-Brasil;

*30/03/08-um terremoto sacudiu a região próxima à cidade de Cruzeiro Do Sul-AC-Brasil;

*12/04/2008: Sydney- Um terremoto de 7,5 graus de magnitude na escala Richter sacudiu hoje o mar nas proximidades da ilha australiana de Macquarie, no Pacífico Sul, sem informações sobre vítimas ou danos materiais.As autoridades não emitiram alerta de tsunami pelo terremoto, que foi registrado às 11h30 (21h30 de sexta-feira em Brasília), 120 quilômetros ao sul do território de soberania australiana e quase 2.000 quilômetros ao sul de Wellington, capital da Nova Zelândia.Seu epicentro foi localizado a 55,68 graus latitude sul e 158,53 graus longitude leste, a 10 quilômetros de profundidade.*22/04/2008: São Paulo/SP- Um terremoto raso, de 5,2 graus de magnitude na escala Richter, sacudiu as profundezas do oceâmo Atlântico, à 270 Km de São Vicente, no litoral paulista, sem vítimas ou danos materiais.O tremor foi sentido em Santa Cantarina, Paraná, São paulo e Rio de Janeiro, num raio de 300Km do epicentro. As autoridades não emitiram alerta de tsunami pelo terremoto até as 23:30 hs.

Semana de março agitada: terremotos abalam várias partes do mundo

Tudo bem: é sabido que milhares de pequenos sismos são registrados ao redor do globo todo dia, a maior parte sem causar danos materiais ou à saúde da população. Mas não podíamos deixar de registrar, além do tremor na divisa com o Acre e o Amazonas, uma série de outros terremotos de intensidade e "poder de estrago" significante que foram registrados entre sexta-feira e esta segunda-feira:

Argentina: no sábado (21) um tremor com magnitude 6,2 na escala Richter atingiu o norte da Argentina. O epicentro foi localizado na região de Jujuy, junto da fronteira com a Bolívia e a cerca de 1500 km da capital Buenos Aires. O sismo aconteceu às 11:34h locais, a uma profundidade de 237 km.

Estados Unidos: em São Francisco, Califórnia, um abalo de 4,2 graus na escala Richter, (dados do USGS), quebrou vidros e causou queda de objetos, contudo sem fazer vítimas ou abalar estruturas de prédios. O terremoto ocorreu às 04:40h locais (08:40h de Brasília) da sexta-feira (20) e teve epicentro a três quilômetros da cidade de Oakland (a Niterói dos EUA), que, devido ao abalo, teve mais de mil casas sem eletricidade.

Indonésia: um terremoto de 5,2 graus na escala Richter afetou na sexta-feira (20) a região de Sumbawa. Não houve informações de vítimas ou danos materiais graves. O sismo ocorreu às 17:49h locais (06:49h de Brasília) e teve epicentro a 72,5 quilômetros de profundidade, e a cerca de 1.290 km de Jacarta. Alguns minutos antes (17:06h locais) um outro terremoto, com 5 graus na escala Richter afetou as ilhas Molucas, no nordeste do país, igualmente sem feridos oudanos materiais.

Taiwan: um terremoto de 6 graus na escala Richter, atingiu Taiwan na segunda-feira. O sismo foi registrado às 21:40h locais (10:40 de Brasília). O epicentro ficou a cerca de 33 km a leste de Hualien, na costa leste do país, com profundidade de 30 km. Dados do USGS colocam o terremoto com magnitude 5,6. Não houve grandes danos materiais ou feridos. Um dos piores terremotos registrados em Taiwan ocorreu em setembro de 1999. Com 7,6 na escala Richter, mais de 2.400 pessoas morreram e 50 mil prédios ruíram.

Índia: um terremoto de 4,9 graus na escala Richter afetou Nova Délhi, capital da Índia, na segunda-feira. Tremores leves foram sentidos às 04:32h locais (20:02h de Brasília). O epicentro foi localizado próximo de Uttarkashi, a 280 km de Nova Délhi. Não há notícias de mortos ou feridos. O último grande tremor na região foi em outubro de 1991, medindo 6,1 graus de magnitude. Cerca de 1.600 pessoas morreram e outras 2 mil foram feridas.

China: a província autônoma chinesa de Xinjiang foi atingida na sexta-feira por um terremoto de 5,7 graus na escala Richter. Ao menos 18 mil pessoas ficaram desabrigadas, 5 mil casas ruiram e 7,8 mil residências ficaram danificadas quando foi registrado o tremor, no distrito de Tekes. Não se tem notícia de vítimas fatais. Mais de 470 estábulos vieram abaixo e causaram a morte de cerca de 400 cabeças de gado. Estima-se que os prejuízos totais sejam da ordem de US$ 8,3 milhões.
Um terremoto de 4,9 graus na escala Richter foi registrado nesta madrugada (30/03/08) na cidade de Itacarambi, Minas Gerais (cerca de 600km de Brasília) e matou uma criança de cinco anos na comunidade rural de Caraíbas, a 35km do centro da cidade. Segundo o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília, é o primeiro tremor de terra a registrar uma morte no Brasil desde que o Obsis começou suas medições, em 1968.

*02/05/2008: o vulcão Chaitén (Chile) entrou em erupão em 06/05/2008, causando pânico no sul do Chile e na Patagônia (Argentina), intensificando-se em 06/05/2008. Isto surpreendeu o povoado chileno localizado a 1.300 Km ao sul de Santiago. A cidade argentina de Futaleufú foi evacuada;

*10/05/08: o vulcão Etna (Itália) entre em erupção, após a última, em setembro de 2007, ameaçando a região da Catânia, muito povoada; depois da ultima erupção em 1991;

*12/05/2008: Um terremoto de 7,8 graus atinge a província de Sichua, China, n e arrasa a capital Chengdu, co mais de 10 milhões de habitantes, matandomais de 9.000 e ferindo outras tantas dezenas de milhares de mortos;

* domingo, 13 de julho de 2008 - 13:28
Um forte terremoto de magnitude 6,1 atingiu a ilha de Taiwan neste domingo, informou o Instituto Geológico dos Estados Unidos.
Fonte: G1

*Terremoto de 4 graus atinge centro-oeste da Colômbia domingo, 13 de julho de 2008 - 16:11
Um terremoto de 4 graus na escala aberta de Richter, atingiu hoje uma vasta região dos departamentos de Tolima e Quindío, no centro-oeste da Colômbia, sem que tenham sido registrados vítimas ou danos, informaram fontes oficiais.Fontes da Rede Sismológica Nacional afirmaram que o fenômeno foi registrado às 8h45 (10h45 de Brasília).Acrescentaram que o epicentro foi localizado perto da localidade de Anzoátegui, no departamento de Tolima, cerca de 150 quilômetros ao sudoeste de Bogotá.A profundidade foi menor de 30 quilômetros, e a cidade mais próxima é Ibagué, capital de Tolima, em cujos edifícios altos foi sentido com alguma intensidade.Fonte: G1

*Primavera na Antárdida (mês de novembro): registra-se no polo sul, as mais baixas temperaturas para a ápoca, o que afetou o clima do hemisfério sul, esfriando-o, a ponto de se registrar temperaturas muito baixas em plena estação primaveriu no RS, SC e até mesmo em São Paulo, e cilclones que arrasaram Bangladesh em novembro;

*Terremoto de 5,8 graus é registrado próximo a Los Angeles terça-feira, 29 de julho de 2008 - 16:02
Um terremoto ocorreu há pouco próximo a Los Angeles, no estado norte-americano da Califórnia, chacoalhando vários edifícios altos. Segundo testemunhas, ele ocorreu a cerca de 32 quilômetros da cidade.Não há relatos imediatos sobre danos ou feridos. O Centro de Pesquisas Geológicas dos EUA informou inicialmente que o tremor era de 5,6 graus na escala Richter, mas depois retificou para 5,8 graus.O Corpo de Bombeiros da cidade informou que o evento foi de grandes proporções, mas não há notícias de feridos.


Tremor de 5,6 graus na escala Richter atinge leste da Venezuela
segunda-feira, 11 de agosto de 2008 - 11:12



Um tremor de 5,6 graus na escala Richter foi registrado hoje de madrugada perto do litoral caribenho leste da Venezuela, em frente à Ilha Margarita, indicou a Fundação Venezuelana de Pesquisas Sismológicas (Funvisis).
O diretor de Defesa Civil, Luis Díaz, assegurou à emissora estatal de televisão "VTV" que o movimento telúrico, registrado às 2h49 (4h19 em Brasília), não causou vítimas, mas deixou sem energia elétrica algumas zonas da cidade de Cumaná, capital do estado de Sucre.
O epicentro foi detectado no Mar Caribe, a oito quilômetros do litoral de Sucre e um pouco mais longe do litoral da Ilha Margarita, disse.
O fenômeno pôde ser sentido no estado de Nueva Esparta, a cuja jurisdição pertence à Ilha Margarita, assim como ao vizinho estado de Anzoátegui, acrescentaram as fontes.

Fonte: Terra

Abalo de 4,5 graus na escala Ricchter atinge litoral sul do Perú
sexta-feira, 05 de setembro de 2008

O temor saucdiu a região de Ica (ao sul do Perú), prém sem causar danos materiais ou vítmas, mas assustou a populção local. Foi as 07:29 hs (09:29 em Brasília), com epicentro 20 Km à sudoeste de Ica e à 55 Km de profundidaade, segundo Institito Geofísico do Perú. Foi o 3º tremor registrado neste mês.

Terremoto sacode o sul do Irã
10/09/08
O tremor de 6,1 graus sacudiu a cidade de Bandar, no sul do Irã, matando 06 pessoas e provocando muita destruíção.

Terremotos atingem a Indonésia
10/09/08
Dois tremores entre 7,6 e 6,6 graus, com epicentro à 122 Km (ao noroeste) da cidade de Ternate (Ilhas Moluscas, com profundidade entre 10 e 93 Km, afetou a Indonésia. Até agora não foram registradas tsunamis.

Terremoto atinge Japão10/09/08
Um tremor de 7 graus abalou a costa norte japonesa às 09:21 hs (21:21 hs em Brasília), com epicentro no litoral da ilha de Hokkaido (região de Tokachi), 700 Km ao norte de Tóquio. Houve emissão de alerta de tsunami.

Terremoto no Oceano Atlântico
11/09/2008

O tremor de 6,6 graus (em escala que vai até 8) ocorreu às 10:08 hs, distante 1.260 Km da costa de Parnaíba (Piauí) e 1.542 Km de Caiena (Guiana Francesa), sem gerar tsunamis. Segundo professor de Geifísica da Universidade de Brasília, George Sand França, "...é comum ocorretem tremores naquela região...".(????)

*29/09/2009
Um forte e triplo terremoto ocorrido nesta terça-feira nas Ilhas Samoa, no Oceano Pacífico e provocou ondas de pelo menos três metros e levou o governo a retirar a população de áreas possivelmente em risco, informou a emissora norte-americana "CNN". O tremor de terra, inicialmente classificado em 7,9 graus na escala Richter, foi revisado para 8,3, de acordo com o Instituto de Pesquisa Geológica dos Estados Unidos.

*30/12/2009
Dois equipamentos do Serviço Geológico do Brasil (SGB) registraram dois abalos em Presidente Figueiredo (AM), em 30 de dezembro de 2009. Cada um dos tremores atingiu 2,4 e 3 graus na escala Richter.A região onde o tremor foi sentido fica em uma reserva indígena, perto da Hidrelétrica de Balbina, no Rio Uatumã, na Bacia Amazônica.
*2010 começou sacudindo o planeta. Nos primeiros 19 dias do ano – terremoto no Haiti, terremoto na Argentina, terremoto na Papua Nova Guiné, terremoto no Irã, terremoto na Guatemala, terremoto em El Salvador e terremoto no Chile.

**09/01/2010
Moradores da cidade de João Câmara (RN) sentiram um tremor de terra por volta das 16h (horário de Brasília) deste sábado (9). O Observatório Similógico da Universidade de Brasília (UnB) registrou magnitude de 2 graus na escala Richter.O epicentro do tremor, de acordo com o boletim sísmico brasileiro foi identificado a cerca de 73 quilômetros de Natal.Este foi o segundo registro de tremor no prazo de uma semana no país. No sábado (2), os equipamentos do observatório registraram um tremor em Sobral (CE), que atingiu magnitude de 2,7 graus na escala Richter.

*12/01/2010
O sismo do Haiti de 2010 foi um terremoto catastrófico que teve seu epicentro na parte oriental da península de Tiburon, a cerca de 25 km da capital haitiana, Porto Príncipe, e foi registrado às 16h53m10s do horário local (21h53m10s UTC), na terça-feira, 12 de janeiro de 2010. O abalo alcançou a magnitude 7,0 Mw [3] e ocorreu a uma profundidade de 13 km (8,1 mi). O Serviço Geológico dos Estados Unidos registrou uma série de pelo menos 33 réplicas sismológicas, 14 das quais eram de de magnitude 5,0Mw a 5,9Mw.[4]

*19/01/2010:
Em 19 de janeiro de 2010 o terremoto foi em Santiago do Chile, e teve a magnitude de 5,1 graus na escala Richter. O epicentro do terremoto do Chile foi 40 km ao norte de Los Andes e a 117 km da capital, Santiago. Em fevereiro, o terremoto aconteceu na madrugada de sábado, dia 27. Um abalo sísmico de 8,8 graus na escala Richter, levou caos e destruição ao Chile: prédios caíram.


*27/01/2010- Arcos de fogo surgem de uma região ativa na superfície do Sol nas imagens captadas pela sonda Stereo em 27 de janeiro e divulgadas pela Nasa nesta semana. veja videos no youtube

*27/02/2010
Fatal terremoto no Chile, este com magnitude de 8,8 graus na escala Richter, provocando a morte de mais de 802 pessoas.

*29/03/2010
Tremor em Jaraguá do Sul, Santa Catarina, deixa moradores assustados. Defesa Civil está reunida com geólogo para identificar a causa deste fenômenoMoradores do bairro Três Rios do Norte, em Jaraguá do Sul, no Norte de Santa Catarina, estão assustados. Eles contam que sentiram tremores na madrugada desta segunda-feira. Cerca de 150 famílias teriam sentido o tremor.O local, mais conhecido como Tifa Theilacker, fica próximo ao Centro da cidade. Os moradores relataram que sentiram quatro tremores — o primeiro perto da meia-noite e o último por volta das 4h.Várias rachaduras apareceram nas casas após o tremor. A Defesa Civil e os bombeiros de Jaraguá registraram muitos chamados. Nesta manhã, a Defesa Civil está reunida com um geólogo para identificar a causa destes tremores.

*19/04/2010
Erupção do Vulcão Fimmvorduhals na Islândia é a maior dos últimos 200 anos
VEJA VIDEO: http://www.youtube.com/watch?v=jZmKi-vaBIs



*19/04/2010
Tremor de magnitude 5,3 atinge centro do AfeganistãoO epicentro foi registrado 190 quilômetros a noroeste de Cabul, capital do país, a uma profundidade de 10 quilômetros, de magnitude 5,3 pouco antes da 1h de segunda-feira (17h de domingo em Brasília) segundo o Instituto Geofísico dos Estados Unidos (USGC, na sigla em inglês).

O epicentro foi registrado 190 quilômetros a noroeste de Cabul, capital do país, a uma profundidade de 10 quilômetros.

*20/04/2010
Terremoto de magnitude 5 atinge região oeste da Austrália. Um terremoto de magnitude 5 atingiu a região oeste da Austrália por volta de 8h desta terça-feira (20) – 21h no Brasil.

*1/1/2011
Ocorreu um de 7 graus, na Argentina às 6h56, hora local (7h56 no horário brasileiro de verão), num sábado (1/1). O epicentro de 583,6 km de profundidade ocorreu na região de Santiago del Estero, a 960 km da capital Buenos Aires, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês).
Até o início da tarde não havia registro de vítimas ou danos materiais, apenas interrupções nos serviços de telefonia local, segundo o jornal “Clarín”.

*2/1/2011

Terremoto de 7.1 graus no Chile

Um forte tremor de 7.1 graus Richter sacudiu o Chile neste segundo dia de 2011, às 17h20, hora local (18h20 no horário brasileiro de verão). O epicentro de 16.9 km de profundidade foi na região de Araucania, a 595 km da capital Santiago, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês).
No entanto, o Escritório Nacional de Emergência chileno (Onemi, sigla em espanhol), afirmou que a magnitude teria sido de 6.9 graus e que não foi capaz de gerar um tsunami. Até a publicação desta notícia não havia informações sobre vítimas ou danos materiais, apenas cortes no fornecimento de energia e telefonia.
50 minutos depois um segundo – de 5 graus Richter – foi registrado no Chile, na região de Bío-Bío.

*15/02/2011

Mancha solar 1158 em fúria

A mancha solar surgiu de uma explosão de classe M e produziu na madrugada uma segunda explosão ainda mais violenta. Pelas 01:56 (hora de Lisboa) a região brilhou intensamente em todo o espectro electromagnético, atingindo uma intensidade de X2 na escala das explosões solares (a maior dos últimos 4 anos).
O fenómeno provocou uma violenta ejecção de massa coronal, que deverá atingir o campo magnético terrestre dentro de 24 a 48 horas.



"21/02/2011
A Nova Zelândia foi sacudida por um tereemoto de 6,3 graus ( numa profundidade de 5 Km) na escala Richter às 12:50 hs. de uma segunda-feira (noite aqui no Brasil) . Mais de 500 mortos e muita destruição em Christchurch, a segunda maior cidade do país.

*08/03/11
Divulgado pela NASA preocupação com violenta tempestade solar que atingirá a Terra em 08/03/12. Este foi tema de interesse mundial e até a GLOBO irá divulgar no FANTÁSTICO do dia 11/03/12.
Vejam no linck:
http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2012/03/tempestade-solar-chega-terra-hoje-e-pode-afetar-equipamentos.html

Outra coincidencia?

*25/2/2011

Terremoto de 5,7 graus ocorreu as 13:07 numa profundidade de 13,9 km, e o epicentro foi em Veracruz no México O terremoto foi muito forte, mas inofensivo perto da cidade principal de Coatzacoalcos . A cidade de Minatitlan fica apenas 30 km do epicentro e é uma cidade de 150,000 pessoas e lá foi sentido como um fraco tremor devido à profundidade e não irá gerar prejuízos.

Será outra coincidência?

porém, tem que se salientar que os efeitos do ciclo solar também são sentidos na Terra e no restante do Sistema Solar. Um exemplo é o fato das mudanças na atividade do Sol serem acompanhadas por alterações no vento solar, o que provoca uma nova configuração do campo electromagnético que rodeia a Terra e pode expo-la mais ou menos, ao efeito dos raios cósmicos.
Quando tal acontece, a produção de carbono-14 é alterada.
Este efeito pode ser medido, sendo possível estabelecer uma correlação entre este isótopo e o ciclo solar. Outro exemplo são as Auroras, cuja intensidade e frequência é superior em épocas de maior atividade solar. Finalmente, a temperatura na Terra também pode ser afectada, tal como
aconteceu no, já referido, mínimo de Maunder, em que ocorreu uma pequena idade do gelo que
levou toda a Europa a ter temperaturas inferiores ao normal durante algumas décadas.

** Uma explosão solar em 23 de julho de 2012 ejetou uma “nuvem de plasma” com velocidade de 3.000 Km/s, considerada a mais violenta até 2014 registrada. Esta explosão cortou a órbita terrestre num ponto 7 dias antes do nosso planeta passar pelo ponto de impacto, que se ocorresse, remeteria a atual civilização para a era do carvão, no séc. 18!!!

Qual seria o efeito desse espetacular evento? 
Uma especulação: 2013 se tornou o quarto ano mais quente desde 1880. A temperatura global aumenta sistematicamente há mais de um século, tendo 2010 como ápice. Europa teve primavera mais fria que a média, e Nordeste brasileiro viveu pior seca em cinco décadas. 

http://www.youtube.com/watch?v=7ukQhycKOFw&feature=player_embedded

Concluindo:

Baseado em previsões atuais, sabemos que o pico da atividade solar do ciclo atual ocorrerá em maio de 2013. Os valores calculados mostram que o fluxo solar ficará entre 132 e 150 , com o máximo previsto de 100 manchas solares.


Acompanhe a evolução do ciclo 24 no site:

http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://www.solarcycle24.com/&ei=979pTbSQHIO88gaBypDnCw&sa=X&oi=translate&ct=result&resnum=1&ved=0CCkQ7gEwAA&prev=/search%3Fq%3DSOLARCYCLE24.COM%26hl%3Dpt-BR%26biw%3D1024%26bih%3D550%26prmd%3Divns

++++++

Se estas atividades vulcânicas afetam significativamente o planeta, resfriando-o com aerosóis (gotículas de ácido sulfúrico) expelidos na atmosfera, que lá permanecem por 2 anos, e há ciclos climáticos a cada 4000 anos aproximadamente, conclui-se que estamos nos aproximando de uma nova mini-glaciação, se contarmos da última ocorrida no antigo império egípcio.

E o que provoca estes fenômenos na Terra?

A resposta está nas aparições de manchas na superfície do Sol, que influenciam o núcleo e provocam a atividade vulcânica, tornando cíclico o clima no planeta. Como o homem resgatou das  profundezas o carbono absorvido e incorporado à terra em milênios, esta desincorporação está elevando a temperatura. Porém, se os 1500 vulcões despejarem material naatmosfera, tal como ocorreu no passado, os aerosóis de ácido sulfúrico encobrirão o Sol.
Isto provocará, apesar do efeito estufa, uma queda significativa da temperatura. E poderemos, então, assistir e sofrer com uma mini-glaciação.
Resta saber se esta glaciação irá ser freada em sua intensidade, pelo efeito estufa.

PARA SABER MAIS:

SOCIEDADE BRASILEIRA DE FÍSICA (Ezequiel EcherI; Nivaor Rodolfo RigozoI, II; Daniel Jean Roger NordemannI; Luiz Eduardo Antunes VieiraI; Alan PrestesI; Heloisa Helena De FariaI)
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0102-4744&lng=en&nrm=iso

É isso aí!

quarta-feira, 11 de abril de 2007

++++ I N A U G U R A Ç Ã O ++++

BEM VINDO AO MEU BLOG!

INAUGURADO EM 11/04/2007

WANTED: WILSON NUNES BARBOSA
bwnb@pop.com.br
Porto Alegre - RS - Brasil

VISITEM O MEU SITE:

VÁLVULA ECONOMIZADORA DE ÁGUA E ANTI-FUGA
http://site.pop.com.br/economizeagua

Nele vão encontrar uma contribuíção para combate ao desperdício de água.
É um dispositivo contra vazamentos e fugas, principalmente as não aparentes.

No link abaixo, vcs terão acesso ao PNCDA do Governo Federal

http://www.cidades.gov.br/pncda/default.asp?Link=Apresentacao

É a preocupação oficial com um tema muito sério, que afeta toda a sociedade.

Feed e RSS! Agregador de Feeds/RSS